6 de julho de 2007

inventando ser sol




de noite bem de noite,
pensei ter visto
uma estrela cadente.
mas nem era,
era só um vaga-lume
que cortava a noite
inventando ser sol.



poema de Paulo, do blog Coisas do Chão
ilustração "Lightbugs" de Joey Brown

5 comentários:

paulo disse...

lindo é ver versos meus num lugar tão lindo como o teu...
.
feliz muito eu cá!!
.
=)

Anónimo disse...

Uso indevido de imagem?

Ana Isabel disse...

Em resposta ao comentário anónimo de uso indevido de imagem...ela está identificada com o nome da sua autora. Se de facto quer tratar com seriedade esta questão, por favor identifique-se.

Anónimo disse...

Gostaria que retirassem a imagem.
Pois não autorizei você colocar.
Não tenho senha para blog, por isso não sabia como fazer. Mas está aí a identificação.
Por favor.
Obrigada
Alessandra Tozi

Ana Isabel disse...

Embora sem o poder confirmar efectivamente, mas confiando no comentário recebido, foi retirada a imagem de Alessandra Tozi, que ilustrava este post. Esta imagem estava devidamente identificada com o nome da sua autora, como sempre e por princípio, faço, mas respeitando a sua não autorização, foi removida.