12 de agosto de 2007

A almofada do luar




Cai uma folha de Outono
sobre a toalha de linho
e lembra-me a cor do sono
quando as aves fazem ninho.
É uma folha amarela
que empurrada pelo vento
vem colar-se à janela
sob o tecto do relento.
E eu, ao vê-la poisar,
adormeço de repente
na almofada do luar.


poema de Luís Infante
ilustração de Irisz Agocs

2 comentários:

✿ chica disse...

Muito linda poesia e ilustração! Adorei ver! bjs, chica

Ana Isabel disse...

Obrigada chica!