17 de fevereiro de 2012

Tenho uma coisa para te entregar

Tenho uma coisa para te entregar,
uma pedra a pôr no chão da rua,
uma lunar presença sob o sol.

Tenho uma coisa para te devolver,
para ficar minha sendo tua,
aquecida no tempo e nestes olhos.

Tenho uma coisa que eu te posso dar
que é o vento a vir atrás do verde
e a dizer azul no teu cabelo.



















poema de Pedro Tamen
ilustração de Renée Nault

Sem comentários: