4 de agosto de 2010

Quero dar-te




Quero dar-te a coisa mais pequenina que houver
bago de arroz
grão de areia
semente de linho
suspiro de pássaro
pedra de sal
som de regato
a coisa mais pequena do mundo
a sombra do meu nome
o peso do meu coração na tua pele.


poema de Rosa Lobato de Faria
ilustração "Bird" de Sarah Beetson

2 comentários:

Carol Timm disse...

Lindo poema e a imagem parece um sonho.

No teu blog é primavera!

Beijos,
Carol

Ana Isabel disse...

:)