24 de julho de 2008

Desejos soltos nas mãos

Desejos soltos nas mãos,
entre os dedos, guardados,
como pequenos duendes cheios de cores, felizes
saltam nos meus cabelos
e adormecem atrás das minhas orelhas,
segredando-me em sonhos os dias do meu futuro.

Desejos pequenos e belos, inúmeros,
como estrelas doces que saboreio no céu da minha boca.



Ana Isabel

Sem comentários: